Tumblr Mouse Cursors
Eu quero ser lembrada com voce.
Eu quero ser lembrada com voce.
Home Pedacinhos de Mim ask-me Facebook check back often
Quero ser lembrada em horários malucos, todos os horários, pra sempre.
theme| ++ *
v
next »
“Então eu resolvi que, já que não poderia ser a mais gostosa por uma questão de nascimento, nem a mais inteligente por uma questão de preguiça, ser a mais estranha e a mais engraçada. Hoje eu sou assim, estranha e engraçada. Falo besteira o dia todo, faço todo mundo rir, imito os outros, uso roupas estranhas, tenho estranhas constatações a respeito da vida. Faço caretas ridículas, posso deixar de ser fina num segundo se falar escatologias ou falar putarias se for divertir uma mesa qualquer de amigos. Mas de verdade eu só queria que alguém falasse para mim: ei, você é bonita, para de se expor tanto, pode ficar quietinha, pode fechar o decote, pode parar com esse riso nervoso, tô reparando em você, você é bonita.”
Tati Bernardi.  (via velejo)

“Não é bacana ser orgulhoso. Não é bacana morrer de vontade de falar, ver ou sentir alguém e não colocar isso para fora. Se mostrar forte, mas ter o mesmo pensamento quando acorda e quando dorme. Dizer para todo mundo que esqueceu quando nem você mesmo se convenceu. Lembrar com a cabeça no travesseiro ou o olhar congelado na estrada. Ouvir a música e conseguir sentir o cheiro. Ir ao restaurante e lembrar da mesa de sempre. Ver a foto e sentir aperto. Ligue, chame, mande uma mensagem, apareça sem avisar. Não há deslize ou vacilo que impeça você de tentar. Se a sua sinceridade não for bem recebida, acontece. Toda decepção vale o alívio. Não é bacana engolir a saudade. Sério, orgulho dá gastrite.”
Recontador.   (via dis-tancias)

“Queria aproveitar para fazer um elogio a mim. Sim, chega de me detonar. Queria te dizer que, apesar de você se sentir imensamente sozinha de vez em quando, eu sou milhares. E todas essas milhares te acham a melhor mulher do mundo. Queria bater palmas pra todas às vezes em que você sacrificou o que você mais amava em nome de seguir à diante com o teu fígado e todas as vezes em que você ficou pequenininha para que ficar grande fosse ainda maior. Obrigada por nunca ter fugido de mim. Obrigada por ter me encontrado. Obrigada por estar aqui. Confie que agora, de dentro de mim, conquistar o mundo vai ser ridículo. Ah, e tem mais: sua bunda até que é bonitinha, mas o resto é um arraso.”
Tati Bernardi. (via sacies)

A felicidade está nas pequenas coisas por exemplo num cheque de 1 milhão de reais.


“Eu passo quieta por você, você passa quieto por mim, e eu ainda escuto o barulho que a gente faz.”
Tati Bernardi. 

“Vontade de encostar a cabeça no ombro de alguém que contasse baixinho uma história qualquer.”
Caio Fernando Abreu.   (via romantizar)

“Um amigo não racha apenas a gasolina: racha lembranças, crises de choro, experiências. Racha a culpa, racha segredos. Um amigo não empresta apenas a prancha. Empresta o verbo, empresta o ombro, empresta o tempo, empresta o calor e a jaqueta. Um amigo não recomenda apenas um disco. Recomenda cautela, recomenda um emprego, recomenda um país. Um amigo não dá carona apenas pra festa. Te leva pro mundo dele, e topa conhecer o teu. Um amigo não passa apenas cola. Passa contigo um aperto, passa junto o reveillon. Um amigo não caminha apenas no shopping. Anda em silêncio na dor, entra contigo em campo, sai do fracasso ao teu lado. Um amigo não segura a barra, apenas. Segura a mão, a ausência, segura uma confissão, segura o tranco, o palavrão, segura o elevador. Duas dúzias de amigos assim ninguém tem. Se tiver um, amém.”
Martha Medeiros.  

“Só espero que se lembre de mim, assim com carinho ou amizade. Sem raiva sem dor, como uma memória feliz. Se é que poderia ser uma memória.
Queria ter certeza de que algum momento foi só nosso, algum momento foi especial pra nós dois.
Queria ser mais do que um passado de dor, de brigas e problemas.
Queria poder agüentar assisti-lo seguir em frente, viver a vida e ser feliz.
Queria poder agüentar ser novamente uma mera espectadora dos acontecimentos da vida dele.
Mas eu não posso. Acho que o amor te diversos níveis, e o nível máximo é aquele que não da mais pra voltar a ser uma simples amizade.
E mesmo sem saber de nada, eu me empenho nessas tentativas fracassadas de tirá-lo da minha cabeça e quem sabe do meu coração. Sem entender o como isso é difícil pra mim se foi tão fácil pra ele.
Eu tento substituir qualquer pontinha de amor dentro de mim, por carinho ou amizade. Por aquele simples querer bem.
Mas parece impossível de terminar, a cada hora que eu puxo um sentimento a ser substituídos mais dele me transborda.
Esse tempo todo só serviu pra acalmar a minha raiva, me tirar um pouco da dor que ela vinha me torturando todos os dias, mas não serviu pra me fazer vitoriosa, eu ainda não o esqueci.”
— escondidadevc (via edv-diary)

5 days ago · 568 notes · reblog
originally edv-diary · via edv-diary

“Tem gente que é só passar pela gente que a gente fica contente. Tem gente que sente o que a gente sente e passa isto docemente. Tem gente que vive como a gente vive, tem gente que fala e nos olha na face, tem gente que cala e nos faz olhar. Toda essa gente que convive com a gente, leva da gente o que a gente teme passa a ser gente dentro da gente. Um pedaço da gente em outro alguém.”
Fernando Sabino 

1 week ago · 111 notes · reblog
originally quoteiros · via quoteiros